Programação 30/11 e 01/12 – Colóquio Relações Internacionais & Marxismo

14713581_205923686501661_1251975901902615176_n

 

O Colóquio de Relações Internacionais e Marxismo acontecerá entre os dias 30 de novembro e 02 de dezembro e a organização vem divulgar as mesas abertas que contarão com estudiosos internacionais e nacionais debatendo sobre a teoria marxista no âmbito das Relações Internacionais.

As mesas podem ser assistidas por todos aqueles que se interessarem pelo tema. Contamos com a participação de todos os discentes, docentes e pessoas interessadas que tenham o desejo de participar do evento promovido pela UFRRJ e pela UFRJ.

Mesa de abertura: “Marxismo como teoria e prática das relações internacionais”

Data: 30 de novembro, 09h às 12h30
Local: Salão Nobre – IFCS – UFRJ

Participantes:
Leo Panitch (York University)
Beverly Silver (John Hopkins University)
Luis Fernandes (PUC-Rio)
Moderação: Carlos Eduardo Martins (UFRJ)

Mesa de encerramento: “As relações internacionais sob o enfoque marxista: resignificando o papel da periferia”

Data: 01 de dezembro, 18h as 21h
Local: Auditório Paulo Freire – ICHS – UFRRJ

Participantes:
Leo Panitch (York University)
Beverly Silver (John Hopkins University)
Virgínia Fontes (UFF)
Paulo Visentini (UFRGS)
Moderação: Ana Garcia (UFRRJ)

Em breve, estaremos divulgando mais informações sobre as mesas, palestrantes e expositores do Colóquio de RI & Marxismo.

Contamos com a presença de todos!

Curta nossa página no Facebook. 


Notícias Relacionadas

BOLETIM LIERI – Levantamento de dados sobre Investimento Externo Direto e Tratados Bilaterais de Investimento na Nigéria e em Gana

BOLETIM LIERI – A Cúpula dos BRICS no Brasil e as relações entre os BRICS e a América Latina: entrevista com o Gustavo Westmann

BOLETIM LIERI – Acordo de Associação entre o MERCOSUL e a União Europeia: alguns pontos críticos no âmbito agroalimentar

BOLETIM LIERI – Comunidade de Política Externa Brasileira e crise na Venezuela: riscos e oportunidades.

Lançamento da pesquisa “Investimentos da China no Brasil, África do Sul e Índia: Arranjos institucionais, atores e impactos”